Vergonha!


Ponto prévio: Aimar, como jogador, pessoa e profissional é um dos melhores que passou pelo Benfica. Para mim, como benfiquista, é uma honra ter visto – espero continuar a ver – este jogador argentino vestir a camisola do meu clube.


Gostava muito de dizer que é mais uma das costumeiras “notícias” do Record. Infelizmente, ao que parece, não é.

Muitos benfiquistas gostam de classificar as acções de LFV, da direcção, da SAD, de Jesus e exibições de jogadores ou da equipa com a seguinte palavra: Vergonha. Não o costumo fazer.

Hoje, sinto vergonha disto.

Adenda: Pior que a agressão ao Aimar, é ver benfiquistas – a alguns vejo-os, frequentemente, defenderem que os adeptos do Benfica deveriam ser como os do FCP e arrearem nos jogadores quando estes jogam mal – dissertarem sobre a quem interessa esta agressão. O delírio inclui, adivinharam, LFV e elementos andrades da SAD, que teriam orquestrado esta agressão de maneira a livrarem-se do argentino.

Faltam-me forças para tecer mais comentários. Fartinho disto…

Actualização: Como acredito, incomparavelmente mais em Aimar do que no Record ou na namorada do Salvio, e o jogador diz que nada se passou o assunto acaba aqui. Não sei o que se passou, mas quero acreditar em Aimar pelo respeito que me merece.

1 Comentários:

Ângela disse...

Uma autêntica vergonha ! Depois admiram-se que jogadores com a classe e qualidade do Aimar se vão embora. Obviamente que a época não correu bem, mas se há alguém que não teve culpa é o Aimar !
*

top