Misturar alhos com bugalhos!




Há coisas que me intrigam. O que tem a ver um jogador que não é opção do treinador e por isso vai ser "despachado", um excelente jogador que se lesionou e não se adaptou à Europa (por enquanto) e um jogador que não respeitou uma ordem do treinador e por isso caiu sob a alçada disciplinar do clube com blindagem do balneário e ou o desempenho de directores da SAD e o caralhinho a quatro?! É que não há pachorra para os meninos!

Capdevila não é jogador para o Benfica. É a opinião do treinador. Concorde-se ou não com Jesus, parece que só esse portento de clube como o Dep. Corunha, da 2ª divisão espanhola, o quer. E o que tem isto de mais?

Enzo Perez é um grande jogador. Aquele que jogava na Argentina. Este que está no Benfica, jogou pouco, não se adaptou e não conseguiu agarrar o lugar. Lesionou-se com gravidade e parece que quer voltar ao seu país natal. Naturalmente, o Benfica fará valer o contrato assinado. Ou o cumpre ou pagam o que ele vale. E o que tem isto de mais?

Ruben Amorim é bom rapaz e um jogador útil. Parece que não acatou ordem do treinador no final de um jogo. Processo disciplinar. E o que tem isto de mais?

Três casos. Três jogadores que não são titulares e por isso a sua ausência em nada afectará o desempenho da equipa. Três casos diferentes e que serão resolvidos mais tarde ou mais cedo.

O que isto tem a ver com blindagem de balneário é que me ultrapassa completamente! O que isto tem a ver com o desempenho de profissionais da SAD é que me ultrapassa! 

Tomem lá os comprimidos ou comam uns doces de Natal para ficarem mais satisfeitos, chiça!

3 Comentários:

Manuel disse...

Totalmente de acordo. É nestas alturas que os aziados benfiquistas-anti-benfiquistas se aproveitam para sair da toca. Não desistem!
Bom ano de 2012!

PR disse...

Se dar 5,5 milhões por um jogador que revela o que o Enzo está a revelar não tem nada demais; se processos disciplinares a jogadores não têm nada demais... Com o resto do post concordo, isto não tem nada a ver com a blindagem do balneário... E também concordo com o facto de não haver pachorra para com profetas da desgraça. Só um aparte, gostava de saber que Enzo viste tu jogar na Argentina.

Nuno Aleixo disse...

Para esclarecer:

Casos como estes existem em todas as grandes equipas do mundo. Não os acho nada demais. Estão a ser resolvidos e o tempo dirá se bem ou mal. No entanto se isto acontecesse com três titulares preocupava-me, assim nem tanto. Sim, o caso que me importa mais resolver é o do Enzo. Custou bom dinheiro e aquele Enzo que era símbolo na equipa campeã na Argentina e convocado várias vezes para a selecção era um grande jogador!

top