Pelo sim, pelo não… não retirem a reserva do Marquês.



Sim, sei que me vão apelidar de bronco, burro, tolo, atrasado mental, Jesus ou mesmo de Vieira. Eu sei. E querem saber: Caguei e andei. Conheço há muito, há três décadas que conheço o sentimento benfiquista, os benfiquistas. Após o jogo com o FCP tudo está mal, debatem-se os nomes dos próximos treinadores do Benfica, alvitram-se nomes para depor esse facínora do Vieira, adivinha-se que o Jesus, esse estúpido, ainda irá acabar no FCP e ganhar tudo, desanca-se no Emerson e no Gaitán, que são os meninos feios deste plantel, mas curiosamente ninguém critica o Rei Artur que roçou o ridículo no golo de Maicon. Artur é um moço que caiu no goto dos benfiquistas. E ninguém pergunta quem deveria preencher a zona central do relvado e impedir que James Rodriguez (o melhor jogador portista! De longe!) corresse uma carrada de metros sem que ninguém lhe tenha partido as duas pernas ou, vá lá, cometido falta. Certamente era o Emerson ou o Gaitán. Mas, hoje Jesus, Vieira, Emerson e Gaitán são os alvos. Curiosamente ou não, ou não, o brasileiro durante 70 minutos não fez menos, e arrisco dizer que fez mais do que Fábio Coentrão (justamente considerado um dos melhores laterais do mundo) no duelo com Hulk. Sim, eu tenho memória e recordo os jogos de Coentrão no Dragão e na Luz a época passada. O Hulk marcou uns golitos lembram-se? Mas o Emerson é alvo fácil. Os benfiquistas, os que sabem das coisas, os verdadeiros, os que vão ao estádio, os que sofrem com o clube, os que sabem o que é o Benfica já decidiram quem são os culpados do mau momento da equipa. São os mesmos que antes do jogo diziam que tínhamos que ganhar o jogo mesmo contra o Proença, que ter medo de árbitros era coisa de meninos, de benfiquistas de merda, de benfiquistas fraquinhos. Viu-se…

Um dia gostava de ganhar ao FCP com um golo ilegal…

Imaginem o mesmo jogo sem aquele lance aos 86 minutos. O jogo acabava com o justo 2-2 e todos diriam que tinha sido um belo jogo, repartido, com o FCP a entrar melhor e o Benfica a dar a volta ao resultado (coisa estranha para uma equipa que não mostrou a mesma vontade de vencer) e que o FCP reagiu bem e chegou ao empate. E todos reconheceriam que o resultado era justo e o que a Liga estava em aberto… Era assim, não era? Era, meus caros. Vocês sabem que era. E depois houve um golo ilegal. Culpa da defesa do Benfica que não colocou os dois (2!) jogadores do FCP num fora de jogo de dez metros. Talvez assim fosse claro o suficiente para ser assinalado. O que me irrita é que o Benfica nunca tem a “sorte” de ganhar um clássico com um golo ilegal. E eu até gostava…

Confesso: Sofro de graves distúrbios mentais!

Numa qualquer Liga europeia diria que este jogo não tinha sido decisivo quanto ao vencedor final da competição. Na Liga portuguesa é preciso enfermar de insanidade mental para manter uma réstia de esperança na vitória. Confesso que para além de burro, bazófias e feio sofro de graves distúrbios mentais. Eu ainda não retirei a reserva do Marquês! Dia 7 de abril, falamos novamente.

Amanhã, mesmo com todas as ausências, mesmo com os meninos feios a jogar, seria importante ganhar, jogar bem e passar a eliminatória. E não o digo a pensar na Champions… 

3 Comentários:

Hfbn disse...

Olá.

Eu até concordo com bastante do que vem escrevendo sobre a mentalidade Benfiquista. Passamos do 8 ao 80 rapidamente (demais).

Mas no entanto há que ser realista, o Emerson não é jogador para o Benfica, para além de não atacar, não defende. Gostaria de ver uma estatística onde se mostrasse a percentagem de golos sofridos pelo Benfica que se iniciaram na zona do Emerson.
E já tenho esta opinião mesmo quando tínhamos 5 pontos de avanço. Deveríamos em Janeiro ter reforçado essa posição.

Bem, este é um excelente blog. Continue com as boas opiniões!!

Nuno Aleixo disse...

Caro Hfbn, compreendo e - pasme-se - até concordo com os que dizem que Emerson é fraco. Penso que não é tão fraco como o pintam, mas não é o DE que queria para o Benfica. No entanto crucificar o "patinho feio" da equipa pela derrota com o FCP é... fraco. Tão fraco como o Emerson. Houveram outros jogadores a falhar tão mais que o brasileiro. E desses ninguém fala. Não gosto de "vacas sagradas" e de "patinhos feios". Gosto de bom senso e de analisar "a coisa" sem preconceitos.

Abraço benfiquista.

Obrigado por visitar o meu estaminé.

Otto disse...

Parabéns pelo post...se o faz feliz somos dois a não tirar a reserva do marquês...porque eu além de crente ainda apoio a minha crença de que quem vira da 1ª para a 2ª volta como líder é sempre campeão!!! pelo menos é os que dizem por aí alguns jornalistas!!!

top