Gostava de ter escrito isto...

Mais do que gostar de escrever isto, eu podia ter escrito isto... e também devido a isso, ri-me como um perdido! O maradona como sempre... brilhante!

Mãe: [atende o telefonema que lhe fiz mas, como habitualmente, não diz
nada, porque está a olhar para o visor a perguntar-se porque é que o
telefone tocou ].
Eu, aos gritos para que ela perceba que sou eu:
Mãe, fala, sou eu!
Mãe: Olá filho, o telefone tocou, estás bem?, o que é que tens?, parece que estás aborrecido?
Eu: Não, mãe, porra, como é que sabes isso?, quase que nem falei....está tudo bem...
Mãe: Estás rouco, estás atacado dos brônquios?
Eu: Porra, mãe, estou bem, não tenho nada, caraças, telefonei só para saber como é que se coze raia... é como a pescada e a maruca?
Mãe: Raia? Onde é que arranjaste a raia?
Eu: No Pingo-doce, mas isso agora não interessa, mãe...
Mãe: No Pingo-doce? Quantas vezes já te disse para não comprares peixe no Pingo-doce?
Eu: Já me disseste muitas vezes mas tu sabes que eu desobedeço, mãe, deixa lá isso,
ninguém morre com peixe do Pingo-doce....
Mãe: Não morre não....aquilo é só gelo.... olha, aqui a Maria João.....
Eu: Mãe, está bem, eu sei essa história, isso não foi no Pingo-doce, foi no Modelo... mas ouve lá, mãe, porra, será possivel... ouve lá., eu quero saber como é que se coze raia, pode ser?
Mãe: Não gosto nada do peixe do Pingo-doce, eles criam isso tudo em aquários.
Eu: Isso és a douradas, este peixe não dá para criar assim, vá lá, mãe, o peixe parecia bom.. diz-me lá, há algum truque para se cozer isto?
Mãe: Oh filho, então, não sei, pões a raia a cozer em água a ferver e quando estiver boa, assim macia, tiras para fora.
Eu: Mas como é que eu sei que está macia?
Mãe: É quando estiver já bem cozidinha, filho, nessa altura apagas o lume e tiras para fora. Com um broculozinho é que fica bem, a mãe já te ensinou a cozer bróculos.
Eu: Sim, isso eu sei. Mas olha lá, a raia: é o mesmo tempo dos outros peixes, ou é
como as ovas, que é menos tempo?
Mãe: Então, filho, é como a raia, quando vires que está assim....
Eu: Oh mãe, ouve lá o que é que eu estou a dizer: eu sei que a raia se coze como se coze a raia, mas eu não sei como se coze uma raia, se há algum truque...
Mãe: Não há truque nenhum, filho, é como os outros peixes, mas cada um está pronto a seu tempo, isso depois tens que ver quando ela estiver assim com um ar apetitoso é porque já está, mas isso assim do Pingo-doce não presta para nada.

E etc, etc, etc, até que terminamos o telefonema aos gritos e eu à beira de ser deserdado.



E se o Pl@ka falou...tá falado!

1 Comentários:

rixmene disse...

as mães são do melhor! a nossa é sempre a melhor, claro, mas são todas tão parecidas! ri-me bastante também!

top